Qual é o seu tipo de amor?

Existem questões que muitas pessoas se colocam e para as quais não obtêm resposta, uma delas é: “como deveremos amar a Deus?”. Como Ser Supremo, será que devemos amá-Lo de forma diferente?

Antes de pensarmos na resposta para a pergunta que o título deste texto apresenta, em primeiro lugar, devemos refletir na forma como Deus nos ama. “Mas, Deus ama-me? Como? Se a minha vida está cada vez pior!!!”, poderão muitos argumentar de imediato.

Porém, são estes mesmos que se esquecem que o maior ato de amor alguma vez registado na História da Humanidade foi realizado pelo próprio Deus, quando deu o Seu Filho para morrer na cruz por AMOR às Suas criaturas. Que pais fariam semelhante coisa? Talvez nenhum, pois uma das nossas maiores preocupações, como seres humanos, por mais maus que sejamos, é para com os nossos filhos.

Todavia, mesmo Deus tendo Jesus como o Seu Filho Amado, não Se coibiu de O entregar como sacrifício para salvar a Humanidade, e é este o tipo de amor que Deus tem por nós… mas, e de que tipo será o nosso? A questão é que muitos desconhecem que o ato de amor divino abriu inúmeras portas e que se as mesmas ainda se encontram fechadas é porque nem nos damos ao trabalho de tentar abri-las.

A atitude de Jesus colmatou qualquer problema que possamos vir a ter na vida: doenças, miséria, familiares, possessão… enfim, tudo, pois o Seu sacrifício colocou um ponto final no domínio de todo o tipo de mal que possa surgir na nossa vida.

Na manhã de domingo, designado como o Dia da Direção, todos escutaram palavras que explicitaram o amor que nos deveria definir em relação a Deus.

“Por amor de Sião, não me calarei e, por amor de Jerusalém, não me aquietarei, até que saia a sua justiça como um resplendor, e a sua salvação, como uma tocha acesa.” (Isaías 62.1)

“Sião simboliza todos os habitantes da terra, por quem Jesus deu a Sua Vida, sem exceção! Mas Jerusalém simboliza aqueles que buscam a Deus, que são poucos. Isto significa que Deus procede de maneira a que TODOS saibam qual é a Sua Vontade (tanto dentro como fora da Igreja), mas Deus está inquieto e a Sua inquietude está relacionada àqueles que estão na Igreja, a ouvir e a praticar a Sua Palavra.

Ele está inquieto porque quer fazer a parte d’Ele, mas só a fará depois que você e eu terminarmos a nossa e a realidade é que muitos a iniciam, mas poucos a terminam! É assim que devemos interpretar o que Jesus disse: ‘muitos são chamados, mas poucos escolhidos’.

Quem escolhe a pessoa não é Deus e sim a própria pessoa que se escolhe, ao fazer aquilo (ou não) que ela tem que fazer.

E, para quem faz a sua parte, Deus diz que sairá a Justiça como resplendor e a sua salvação como uma tocha acesa, pois quem está salvo tem direção, não está nas trevas! Quem tem a salvação tem luz própria, não é como a lua ou as estrelas e sim como Sol, brilha com a sua própria intensidade, não depende de nada e nem de ninguém!”, referiu o bispo, dando continuidade, em seguida, à passagem bíblica.

“As nações verão a tua justiça, e todos os reis, a tua glória; e serás chamada por um nome novo, que a boca do SENHOR designará.” (Isaías 62.2)

“A glória aqui referida é a sua própria glória, de amar e ser amado, de ter um corpo saudável, uma vida económica bem-sucedida, de ter um carácter exemplar, de ter uma consciência limpa, de não ter que se envergonhar do seu passado, a partir do momento em que o seu presente é diferente! E tudo isto acontece a partir do momento em seguimos o que dita a Palavra de Deus!”, concluiu, referindo o versículo seguinte, que relata que seremos uma coroa de glória na mão do SENHOR, um diadema real na mão de Deus.

Sede Internacional do Centro de Ajuda na Europa
Rua Dr. José Espírito Santo nº 36
Bairro das Amendoeiras, Marvila
1950-097 Lisboa

Achou interessante? Partilhe:
 

Deixe um comentário

25 de ABRIL

Programação TV

  • Diariamente 8h Casos Reais
  • Seg a Sex 16h Palavra Amiga do Bispo Macedo
  • 2ª feira 22h Hora de Acertar
  • 4ª feira 22h EngIURD
  • 5ª feira 22h Coisas de Mulher
  • 6ª feira 22h Família Unida
  • Sábado 20h Reprise da reunião de domingo

Tv Record

  • Ter a Sex 00h A Hora do Milagre

Programação Rádios

Newsletter



Aconselhamento

TEMPO REAL EM PORTUGAL

    Lisboa 13°
    Min: 11 °C
    Máx: 17 °C
    Porto 13°
    Min: 8 °C
    Máx: 14 °C
    Faro 17°
    Min: 9 °C
    Máx: 18 °C
    Funchal 17°
    Min: 14 °C
    Máx: 18 °C
    Ponta Delgada 15°
    Min: 14 °C
    Máx: 16 °C
    Coimbra/Cernache 13°
    Min: 6 °C
    Máx: 14 °C