Entrevista com Bispo Macedo

No dia 9 de Julho, a Igreja Universal do Reino de Deus completou 33 anos. Nesta entrevista exclusiva ao Arca Universal, o bispo Edir Macedo fala sobre quais eram suas expectativas há 3 décadas, quando tudo começou, como ele vê a Igreja hoje e também sobre como lida com os planos futuros.

Vendo o crescimento da IURD, ao longo desses 33 anos, que sentimento o senhor tem ao olhar para trás e perceber que tudo começou em um coreto?
Sentimento de que o Espírito de Deus é real e cumpre Suas promessas.

Quando surgiu a ideia de fundar a Igreja Universal, o “projeto” inicial teve a ver com o que ela representa hoje; é como o senhor imaginava?
Não. Se o Espírito de Deus me revelasse o que hoje se vê, certamente riria como Sara quando soube que seria mãe após sua idade avançada somada com seu problema de esterilidade.

Ao longo desses 33 anos, a Igreja deixou de realizar algum projeto? Por quê?
Acredito que sim. Muitos que vieram até ela não ficaram. Apenas uns poucos foram escolhidos, como os 300 de Gideão.

Como é administrar uma obra que está presente em quase todos os países do mundo?
A administração física depende da espiritual. O Espírito Santo tem escolhido pessoas a dedo e, através delas, a tem administrado.

As dificuldades e perseguições enfrentadas fora do Brasil foram (são) as mesmas enfrentadas aqui?
Toda e qualquer perseguição sofrida tem caráter espiritual. Os mesmos espíritos imundos que agem aqui o fazem lá.

Quando a Obra iniciou fora do País, o senhor teve uma preparação para isso?
O Espírito de Deus é Quem prepara Seus escolhidos para servir ao Seu Filho aqui ou em qualquer lugar.

Uma pessoa aos 33 anos de idade pode ser considerada madura. No que o senhor acha que a IURD amadureceu ao longo deste tempo? Quais as mudanças significativas que a Igreja teve com o passar dos anos?
A maturidade depende dos desertos enfrentados. Quanto maior o número de desertos, maior o grau de maturidade. A IURD tem crescido espiritualmente por conta das lutas enfrentadas. As mudanças têm sido muitas, especialmente no que diz respeito ao uso da fé sobrenatural e inteligente.

No Brasil, ainda existe muito preconceito e resistência ao trabalho da IURD e ao nome do senhor. No entanto, recentemente, um repórter, ao entrevistar um sul-africano, se surpreendeu ao ser perguntado se era do mesmo país que o senhor. Como é lidar com o preconceito por parte de alguns e ao mesmo tempo com o reconhecimento por parte de outros?
É natural o preconceito. Jesus, Seus apóstolos e seguidores enfrentaram o mesmo em suas respectivas épocas. Num mundo dominado pelo espírito babilônico não poderíamos esperar flores de seus habitantes. Faz parte da fé cristã.  Só os nascidos do Espírito Santo sobrevivem e prevalecem. Não é fácil enfrentar o preconceito por parte daqueles a quem queremos ajudar. Porém, quando lhes é revelada a Luz do Evangelho, então, somos recompensados com sua gratidão.

A Igreja possui muitos projetos sociais, desde o trabalho com crianças, jovens, passando pela alfabetização de adultos e até a preocupação com o sertão nordestino. Portanto, milhares de pessoas já foram e são beneficiadas com eles. A IURD tem em vista outros projetos sociais?
O trabalho da IURD tem sido cem por cento social. Isso por conta da mensagem viva do Evangelho. Jesus não trouxe uma nova religião, mas vida. Quando o ser humano é possuído pelo Espírito de Deus, suas atitudes em relação a Deus, ao próximo e a si mesmo mudam completamente. Daí a razão das pessoas que outrora eram excluídas, hoje, terem suas vidas restauradas e reintegradas à sociedade. Quando o cego passa a enxergar, ele deixa de depender de terceiros, começa a produzir e custear sua própria vida. Quando o bandido é liberto, é menos uma ameaça à sociedade. Infelizmente, a sociedade e o Governo não conseguem enxergar esse benefício social da IURD. O que adianta, por exemplo, dar um prato de comida? Cessará a fome?  A IURD, pelo poder da fé na Bíblia, tem conduzido libertação dos escravos de todo e qualquer vício. Assim sendo, ela promove reintegração social muito além do que qualquer outra instituição social. E o melhor, sem receber qualquer ajuda governamental.

Muitas pessoas falam que a construção de catedrais é desnecessária. Por que a Igreja Universal investe em templos grandiosos?
Não somente para devolver às pessoas os benefícios de seus dízimos e ofertas, mas, sobretudo, lhes dar visão da vontade de Deus para suas vidas. Jesus veio para trazer vida e vida com abundância. As catedrais provam isso.

Seu blog tem milhares de acessos. Muitas pessoas se sentem mais à vontade para comentar e pedir orientação espiritual. Como o senhor vê essa interação com o público?
As informações oficiais têm registrado quase 3 milhões de acessos mensalmente. Isso prova que há um enorme benefício para os internautas. Isso prova que nosso trabalho não tem sido em vão.

Vemos que a IURD valoriza a disciplina entre seus membros, obreiros, pastores e bispos. Como essa disciplina interfere no crescimento da Igreja?
O Reino de Deus é feito de ordem e disciplina. Quem não se submete é porque não tem interesse em viver de acordo com Deus. Nesse caso, é melhor buscar outra fonte. Não somos um clube que está à busca de membros. Somos pregadores das Boas Novas do Evangelho. Quem crê e obedece é abençoado. Quem não crê, paciência. Mas, jamais abriremos mão da ordem e da disciplina na IURD. Mesmo que isso signifique prejuízo econômico.

Com o crescimento da IURD, há necessidade de um grande número de voluntários para a Obra. Que tipo de preocupação o senhor tem para a escolha dessas pessoas?
Fazê-las nascer da água e do Espírito Santo.

Quais as próximas metas para a IURD?
Aguardamos inspiração e orientação Divina.

Qual a mensagem que o senhor deixa para os milhões de fiéis da Igreja Universal do Reino de Deus no mundo?
A mesma do meu Senhor: “Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida.” Ap. 2.10

Fonte: http://www.arcauniversal.com/iurd/noticias/entrevista_com_o_bispo_edir_macedo-1374.html

Achou interessante? Partilhe:
 

Deixe um comentário

8 Respostas para “Entrevista com Bispo Macedo”

  1. Eliane Silva | 1 de Agosto, 10 às 22:32

    Caráter e personalidade andam juntas e contigo é mesmo assim que Deus te conserve com este caráter, e que as bençãos de Deus desça sobre ti e a IURD dia após dia.

  2. luciano coelho | 22 de Julho, 10 às 19:44

    Senhor bispo eu tambem quero mt agradecer pelo o senhor ter dado ouvido a voz d Deus quando ele disse pregue o meu evangelho,e o senhor fez ao pé da letra e assim é esse resultado grandioso, a minha vida por exemplo foi mudada para melhor e d milhoes tambem e agora para termina Bispo fique c a graça d Deus amem…

  3. cassia maiara dos santos de souza | 19 de Julho, 10 às 21:07

    bispo eu quero coiense a deus que eu não coenso não sei o que eu fasso ja faso gen juim ja or polo povo do nucle so uma envagelita fime .
    que eu quero mais do que tudo é meu relaciona mento com deus
    eu estou para sendo luta comeu marido ,meumarido é da igreja mais não é convertido ele que buscou pormim hoje eu tenho que busca por ele.
    bispo decha eu pregunta um coisa que esta mencomodano ,eu envageliso um domigo sime outro nâo mais memarido reclama muito o que que eu faso não quero para de granhar almas para deus mais tambem nâo quero que meu marido briga comigo mais eu quero fazer a fondade deus

  4. dulce | 14 de Julho, 10 às 22:05

    Boa noite , apenas o meu agradecimento por fazer parte desta grande casa, pelo furacão que atravessou a minha vida , graças a este furacão , muito mudou na minha vida.

  5. Noémia Soares | 14 de Julho, 10 às 14:45

    Bispo, que Deus de lhe dê muita saude e tudo o queseja necessário para continuar esta obra, tão maravilhosa, Gosto de o ouvir, e gostava tanto de uma dia poder chegar até ao senhor. Sou membro da sua Igreja, na minha opinião o semhor também, pelo aquilo que conheço está e sabe estár bem rodeado de homens e mulheres enviadas por Deus. Espero um dia poder servilo ou servir A SUA OBRA, e fazer segui-la mais ,e mais. sem a vossa Igreja, apesar de ainda não ter a experiência com Deus, mas esta para breve, eu sei. AMEM.

  6. Alexandre | 13 de Julho, 10 às 18:57

    Sempre direto e verdadeiro como tem me ajudado a direçao vinda de deus para o bispo Macedo, exemplo como lider e como marido que DEUS te abençoe grandiosamente…
    obrigado a todos que faz parte desse grupo/ dessa familia para ganhar almas pra JESUS.

  7. Pedro | 12 de Julho, 10 às 11:39

    Com sempre, direto, claro e sincero. Parabens a todos que fazem parte desta obra maravilhosa. Fazer parte dela significa, sacrificio, renuncia,lutas,diria até que é andar na contra-mão, pra baixo x pra cima , positivos x negativos, perdição x salvação, porém como Cristo prometeu tem se cumprido e se cumprirá. A recompensa é 100x no presente e no porvir a vida eterna. Um abraço

  8. marcelo | 10 de Julho, 10 às 18:14

    Bispo, eu louvo e agradeço a DEUS todos os dias por essa obra existir, porque só quem esteve no fundo do abismo e pode encontrar essas portas abertas sabe o valor do sacrificio de homens que sao exemplo de caráter e dedicaçao. Que DEUS abençoe a IURD e renove esse vinho todos dias.

Você tem dito muito “mas”?

Programação TV

  • Diariamente 8h Casos Reais
  • Seg a Sex 16h Palavra Amiga do Bispo Macedo
  • 2ª feira 22h Hora de Acertar
  • 4ª feira 22h EngIURD
  • 5ª feira 22h Coisas de Mulher
  • 6ª feira 22h Família Unida
  • Sábado 20h Reprise da reunião de domingo

Tv Record

  • Ter a Sex 00h A Hora do Milagre

Programação Rádios

Newsletter



Aconselhamento

TEMPO REAL EM PORTUGAL

    Lisboa 12°
    Min: 12 °C
    Máx: 16 °C
    Porto 14°
    Min: 9 °C
    Máx: 17 °C
    Faro 17°
    Min: 13 °C
    Máx: 18 °C
    Funchal 17°
    Min: 14 °C
    Máx: 19 °C
    Ponta Delgada 13°
    Min: 13 °C
    Máx: 14 °C
    Coimbra/Cernache 10°
    Min: 9 °C
    Máx: 18 °C